Análise: Black Mirror 5ª temporada

21/06/2019 20:11
   

“Espelho Preto” está de volta para a 5ª temporada com apenas três episódios, sim, míseros 3!

Explique-se criador da série: “originalmente, Bandersnatch fazia parte da nova temporada. Então, Striking Vipers foi filmado antes e Smithereens um pouco depois de Bandersnatch. Se trabalhássemos em mais, poderia parecer que Bandersnatch estava contando como toda uma temporada”.

Se você não leu nossa análise de Bandersnatch.

Então ok, vamos compartilhar uma breve crítica aos tópicos:

Striking Vipers – aos kapoownautas fãs de games com mentes mais abertas, esta é uma boa tirada sobre realidade virtual e quebra de tabus. Uma reedição de jogo estilo de Street Figther reaproxima dois amigos de faculdade de forma surpreendente, e as noites de jogos tomam outra proporção no mundo digital. O final também faz virar o cérebro.

Smithereens – até onde uma rede social pode influenciar a vida de uma pessoa? Episódio top para pensar sobre nossos vícios digitais e as consequências para todos, inclusive respingando em um modelo Zuckerberg da trama.

Rachel, Jack and Ashley Too – Miley Cyrus é protagonista, sim, a Hannah Montana, mostra de como este seriado se tornou popular e ganhou força. Vida real e inteligência artificial se misturam, mas prefiro a atenção os bastidores da vida das estrelas pop, a imagem vendida ou forçada pelos empresários versus fãs obcecadas.

Apesar de poucos, os episódios mantêm o padrão elevado dos anos anteriores. Ainda haveria espaço para reflexões sobre as tecnologias digitais na sociedade atual? Só sabemos que ainda não há data de lançamento para uma possível sexta temporada de Black Mirror.

Produção: Netflix

Lançamento: junho/2019. 

Nota desta temporada: 9,5/10.
Wagner Botelho
Sobre o autor
- é formado em filosofia (sim, isso mesmo! rs), divide sua paixão entre as séries, filmes, games e família. Estudioso sobre as religiões e as juventudes, gosta de conversar, interpretar e (re)significar a religiosidade em suas diferentes manifestações, linguagens e paisagens presentes nas culturas e nas sociedades.