web analytics

11 thoughts on “Desenvolvedores de emuladores declaram guerra ao RetroN 5

  1. Alem disso, é um engana-bobo total, já que voce espeta o cartucho, ele faz um DUMP da ROM do cartucho, ai gera um codigo, compara esse codigo com uma tabela interna deles, e se o código bater, o jogo roda. Ou seja: ele gera uma ROM do seu cartucho, e se a ROM bater com um codigo maluco deles, é executada.

    Oras, qual a diferença para usar um emulador normal? É muita frescura no lôrdo.

  2. Eu ainda gostaria de testá-lo. Entendo e concordo com tudo o que vocês falaram, mas a ideia de ter entrada USB e suporte aos controles originais podem oferecer uma praticidade que os emuladores de PC não oferecem, por melhores e mais completos que sejam. Mas o preço que se paga por ele é muito alto. =)

  3. E se internamente tiver também muitas ROMs dentro do console? Pode até ter um local escondido com muitas ROMs já prontinhas. Lembro que quando arrumei um CD do Snex9x (faz uns 8 anos) veio com 600 MB de ROMs de diversos jogos do Super Nintendo.

  4. Eu acho que isso eles não fariam, porque uma coisa é você ser o “ladrão que rouba ladrão”, já que emulação é algo muito discutível em vários países. Agora, instalar ilegalmente roms da Nintendo, que as vende em seu Virtual Console ainda hoje, é um risco que, creio eu, a Hyperkin não queira correr desnecessariamente. Mas assim, não duvido de nada, também. =)

  5. Eu tenho o retron5 e considero um ótimo console pra quem gosta de games antigos. Acho o máximo jogar snes, mega e nes em HD sem falar em jogar os portáteis gameboy, gameboy color e GBA na telona. Também fiquei chateado em saber que roda com emuladores não pela questão em si, mas sim por ter que comprar um cartucho super faturado e aproveitar apenas sua rom. Por que não lançou logo como emulador de mesa. Já quebrou tantas regras uma a mais. Acho também um barato o game geine e o save em tempo real, pois sou um jogador bem mediano e assim consigo zerar jogos que antes para mim era impossível. Tretas à parte estou muito satisfeito com ele.

  6. É, eu acho bacana o console. Realmente acho. E a Hyperkin é bem caprichosa nos detalhes, adorei o Supaboy, por exemplo. Uma pergunta: o controle dele é molenga como era do Neo Geo CD?

  7. O formato não é muito anatômico, mas a resposta é boa. Eu prefiro usar o controle original e uso o do rettron só pra interface.

  8. Saquei! E ele tem entrada USB para controles USB, por exemplo, aqueles de SNES e Mega Drive da Buffalo?

  9. Não, só as entradas originais para controles de nes, snes e megadrive.

  10. Quando o Neo Geo X saiu, pensei que era uma reedição do Neo Geo AES, fui lá e comprei. Depois descobrir que ele rodava via emulação. Gastei um fortuna em um emulador?! Quando ao Retron 5, prefiro comprar um Snes e Mega do que um emulador barato desses. E depois ele é descontinuado e os consumidores são quem pagam o preço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.